Projeto Canadá: De São Paulo para New Brunswick depois dos 40

Família Felix no Canadá

Que a vida dá muitas voltas todo mundo já sabe. E foi numa dessas “viradas” que a família Felix resolveu mudar radicalmente o seu projeto de vida. Este casal tem experiência e maturidade para dar um passo de cada vez.
A Vivian desembarca em Moncton já em agosto de 2019 e o resto da família chegará em New Brunswick só no final do ano. “É o tempo que teremos para encerrar as aulas das crianças e organizar melhor várias questões da mudança”, ressalta.
E assim que tem que ser. Imigrar para o Canadá é um projeto de família no estilo “um por todos e todos por um”. 
Às vezes é preciso desgarrar do grupo por alguns meses para dar início à  jornada, mas isso faz parte da  estratégia do #projetocanada de cada um. Confira a história desta família que mora em São Bernardo do Campo e pretende fixar raízes na costa leste.

Canadiando: Qual o motivo que despertou o desejo de vir para o Canadá?
Vivian: Quando eu era mais jovem sempre tive vontade de fazer intercâmbio, visitar ou morar no exterior. Como sabia que meus pais não tinham condições, nunca pedi a eles e guardei esse “sonho” para o futuro.Com o meu marido também não tinha grandes expectativas, pois ele nunca gostou de inglês e não pensava em sair do Brasil.
Na adolescência nossa filha demonstrou interesse em fazer intercâmbio, foi aí que tudo começou. Não medi esforços para que isso se concretizasse. Ela ficou cinco meses na Finlândia (a idéia inicial era ficar um ano, mais foi bem na época do aumento do Euro e não conseguiríamos mantê-la por um período maior). Enfim, quando ela voltou, meu marido perguntou se ela queria morar lá, ela disse se estivéssemos junto, com certeza.

A partir daí houve uma reviravolta, meu marido começou a repensar muitos valores e questões relacionadas a qualidade de vida, trabalho etc. Foi então que o Canadá surgiu como uma possibilidade real de recomeçar do zero. 

Família no Canadá
Arquivo pessoal

Canadiando:  Por que escolheram Moncton ?
Vivian: Após muitas pesquisas, decidimos por New Brunswick pelo custo de vida. O college é mais acessível que outras cidades e o programa provincial para imigração futura é bem atraente para nós que passamos dos quarenta  anos. A cidade é relativamente pequena, mas tem tudo o que precisamos.

Canadiando:  Qual é o seu planejamento inicial (vem estudar, trabalhar)?
VivianA grande dúvida era: não é tão fácil mudar de país sem um planejamento e suporte financeiro consistente. Aqui no Brasil temos uma vida estabilizada, temos emprego e uma renda que nos permite uma boa condição. Como queríamos recomeçar, estudamos as possibilidades que o Canadá nos daria, pela nossa idade, não conseguiríamos ir pelo EE e aproveitando que eu queria mudar de área e gosto de estudar, resolvemos que eu irei para fazer College e ele para trabalhar e melhorar o inglês e futuramente aplicar para PR.

Canadiando: O que é mais difícil deixar para trás?
Vivian
Sem dúvida nenhuma é a família e os amigos, mas na era das redes sociais a distância fica muito menor. 

Canadiando: Pelas suas pesquisas, para qual província você não iria? Qual motivo?
Vivian
Não iríamos para os territórios do Norte pela questão do frio intenso e por parecer que não teríamos tantas possibilidades de trabalho e estudo como vemos em outras províncias.

Canadiando: Qual a sua principal fonte de pesquisa sobre o Canadá?
Vivian: Site do Governo Canadense, grupos de Facebook e alguns canais de Youtube.

Canadiando: Usou o serviço de um consultor?
VivianSim, fiz uma consulta somente para análise de perfil pois estava um pouco insegura. Meu marido nunca quis contratar uma consultoria por acreditar que daríamos conta do processo sozinhos, isso falando sobre vistos e imigração.

Não nos importamos em dar alguns passos para trás se tivermos mais qualidade de vida no Canadá. Queremos que nossos filhos tenham a oportunidade de começarem a vida profissional num país de primeiro mundo.

Canadiando: Você já veio para o Canadá? Onde?
Vivian: Estive em Janeiro deste ano, passamos por Montreal, Quebec, Halifax e Moncton.

Canadiando: Como você imagina a sua nova vida?
VivianA expectativa é grande, não vou mentir que sonho com uma vida diferente: uma casa grande, segurança, qualidade de vida, dignidade e respeito. Admiro a maneira de viver do canadense, porém coloco os pés no chão pois acredito que os primeiros anos não serão fáceis. Será uma mudança muito significativa não só em nossas vidas de maneira geral, mas também na questão profissional, dinâmica familiar e principalmente cultural. Nossas cabeças e corações estão muito abertos para enfrentar esse desafio.

Família no Canadá
Arquivo pessoal

Canadiando: Qual seu maior medo em emigrar do Brasil?
Vivian: O maior receio é de não dar certo e ter que voltar para o Brasil. Acho que seria muito frustrante, já que deixamos uma vida estabilizada, bons empregos etc. Existe o medo de ter que recomeçar tudo de novo, principalmente pelos nossos filhos. O importante é sempre ter um plano B ou C. 

Canadiando: Você também cogitaram imigrar para outros países?
Vivian: Sim, primeiro cogitamos a Finlândia, mas se o inglês é difícil, o finlandês é impossível rs. Pensamos em Portugal (meu pai tem cidadania e vou aplicar para minha em breve – plano B) e Europa em geral, além de pesquisarmos sobre a Austrália. No final o Canadá chamou a atenção por acreditarmos que ele oferece mais possibilidades. O país está de “portas abertas” para imigrantes e isso é o que estamos procurando.

Canadiando:Qual seu conselho para quem está iniciando o seu Projeto Canadá?
Vivian: Pesquise muito, não tente ir pelos atalhos, o Canadá quer imigrantes mas não é qualquer perfil. O conhecimento é tudo então pesquise em fontes seguras, principalmente o site oficial do governo. Faça um bom planejamento.
Se tiver oportunidade, faça uma viagem exploratória. Nada mais seguro do que você olhar e vivenciar por conta própria. Estude inglês no Brasil. E o mais importante, guarde bastante dinheiro para você ficar tranquilo e se estabelecer com segurança.

O Projeto Canadá mostra as histórias dos futuros imigrantes de língua portuguesa que estão planejando o melhor caminho para recomeçar a vida na América do Norte.

🎯 Se você pretende vir para o Canadá, está com tudo planejado e quer dividir a sua  história e ajude a inspirar muitas pessoas com o seu projeto –  mande uma mensagem clicando aqui !

Porque a odisséia começa bem antes de pisar em terras canadenses. 🍁

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »