Mães no Canadá: Organização da casa com filhos pequenos

Esse poderia ser um dos temas mais fáceis que já escrevi para o  projeto “Mães do Canadá”, mas não é.

Isso porque manter uma casa organizada com duas crianças pequenas é uma missão quase impossível. Não espere encontrar facilmente alguém para lhe ajudar por aqui. Uma  diarista na minha cidade é coisa rara e custa caro. O fato é que as mães canadenses contam com o apoio da família enquanto nós nos viramos nos trinta. 

Eu trabalho no esquema de “home office” o que é outro agravante. E uma casa com criança está sempre em movimento. É como um barco na tempestade: tudo que você levou pro quarto aparece na cozinha e vice-versa. 

Trago verdades

Mas como faço para não naufragar na bagunça ? Respiro fundo e sigo em frente. Eu organizo de um lado e eles desarrumam do outro. Vivemos numa eterna tentativa de manter a casa nos “trinques”.

Existem dias que tenho vontade de abrir a porta e sair correndo. Todas temos. Mas a vontade não se cria porque a correria é intensa.
Se você vem para o Canadá com criança pequena não pense que será mamão com açúcar.  Esteja preparada para tudo.  Mas o lado bom é que a gente sobrevive e dá a volta por cima. Você descobrirá poderes que até então não imaginava ter e se sentirá recompensada pelo simples afago dos pequenos e as travessuras que ficarão na memória.

Você não está sozinha

Absolutamente todas as mães imigrantes (ou não) vivem esse dilema da organização. O que posso dividir com vocês nesta minha experiência canadense são algumas dicas básicas que aprendi com o tempo e facilitaram o caos. Não descobri a pólvora, longe disso. Mas reza a lenda que me viro bem… Espero que algo seja útil pra você 🙂

 Marie Kondo:  Sim, a nova guru da organização, a japonesa Marie kondo, me ajuda muito com as suas dicas um tanto óbvias. Com ela aprendi a usar caixas transparentes para guardar os brinquedos e a dobrar as roupas visando ganhar mais espaço nas gavetas.
Mas o mais importante é o que ela chama de método de “reconhecer o que realmente lhe desperta alegria e descartar o resto”. Isso é excelente para evitar os entulhos. 

Força na rotina: Eu pego firme na rotina com as crianças, até para que seja possível dar conta do recado. O que você deixar de hoje para amanhã acumulará 2x e assim será sucessivamente. No dias de aulas canceladas por causa da neve tudo fica mais difícil, mas é importante não desanimar e seguir o ritmo.

Lavanderia:  Só lavo roupas a noite. É o tempo que tenho para fazer tudo com calma e atenção. Durante o dia já coloquei calça com dinheiro no bolso para a máquina e etc. Para facilitar comprei um saco gigante na Dollarama que vou enchendo com as roupas secas e depois passo de quarto em quarto deixando as encomendas. Meu marido se responsabiliza em guardá-las no armário. Isso facilita muito para que não se forme o Monte Everest na mesa da sala. 

Brinquedos no basement (porão) ou no quarto: Tento manter boa parte dos brinquedos nos quartos das crianças ou no basement. Quando morava em apartamento era só no quarto. Claro que sempre existirão aqueles com vida própria que circulam pela casa – mas é importante ter um lugar para estocá-los. Manter a sala de casa cheia de coisas é algo que me incomoda profundamente e dá a sensação de completo descontrole. O que os olhos veem o coração sente.  : )

Dollarama – sempre ela ! Lá você encontra potes, embalagens e tudo que precisa para manter a ordem. Também é lá que compro muitos brinquedos, besteirinhas. Estragou? É direto no lixo e zero de peso na consciência ! Assim você não fica com aqueles amontoados de quebra cabeças perdidos e bonecas sem cabeça. 

Brincando e aprendendo: É importante mostrar para os pequenos, no caso tenho das crianças ( 3 e 7 anos), o quanto a participação deles na arrumação da casa se faz necessária. Peço, por exemplo, pra eles sempre para me levarem o prato até a pia (no caso pratinhos e talheres de plástico da IKEA) que eu adoro. Se cair não machuca ninguém. Também ensinei a avisar quando o lixo do banheiro está cheio ou falta papel higiênico. Mas uma das coisas que eles mais gostam é separar as roupas para lavar: meias, roupas, claras e escuras. São coisinhas aqui e acolá que fazem uma diferença enorme na hora de bater o cartão no fim do dia. 

Confira também os textos das outras participantes do projeto. Todo dia 20 do mês tem novidade no site:

Adriane Jungues (Ottawa/Ontario) Like a New Home 
Alessandra Cayley (Toronto/Ontario) Alicia e Outros Papos
Alessandra Schneider (Bathurst/New Brunswick) Canadiando
Amanda Aron (Winnipeg/Manitoba) Viva Manitoba 
Beatriz Ortiz (Vancouver/British Columbia) Biba Cria 
Carol Almeida (Mississauga/Ontario) Minha Neve e Cia 
Carol Camanho (Vancouverr/British Columbia) Fala Maluca
Danielle Vidal (Toronto/Ontario) VidalNorte
Gabriela Ghisi (Toronto/Ontario) Gaby no Canada
Livi Souza (Toronto/Ontario) Baianos no Polo Norte 
Mariana Baltar (Calgary/Alberta) De bem com a vida no Canadá
Vanessa Adell (Calgary/Alberta) Partiu Canada

 

1 thought on “Mães no Canadá: Organização da casa com filhos pequenos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »