Saindo da zona de conforto: Como colocar em prática o seu projeto Canadá ?

Nessa época do ano aquele clima de metas cumpridas e esquecidas vem à tona. E para quem pensa em sair do Brasil, só existe uma alternativa: levantar da cadeira e correr atrás do prejuízo. É pra isso que serve esse post.

Eu fiz todo meu processo de imigração sozinha. Muitas pessoas recorrem à ajuda de um consultor, o que é muito válido. Mas é importante que você saiba o que está sendo feito e como funcionam todas as etapas. Conheço pessoas próximas que já foram prejudicadas por profissionais da área. Isso também acontece.

O marco zero é vasculhar o site do Governo Canadense. É lá que está absolutamente tudo. O único detalhe é que o conteúdo está disponível somente em Inglês e Francês. Até por este motivo muitos recorrem à uma empresa de consultoria. Mas o fato é que para imigrar para cá você terá  obrigatoriamente que falar um dos dois idiomas. O Canadá – como sempre digo – não é os Estados Unidos. 

Você precisa aplicar para o processo chamado de Express Entry. Neste link você encontra um teste online para saber se você é elegível para viver, estudar, trabalhar ou apenas viajar pelo Canadá.

Comunidades Francofônicas 

Se você tem um francês afiado também pode focar nas comunidades da costa Leste ou na província de Quebec. Veja mais aqui. 

Caso você tenha o inglês como preferência, vasculhe o país pela Internet. O Canadá é enorme e cheio de surpresas. As cidades menores não deixam nada a desejar. E os grandes centros, mesmo maiores em tamanho não comportam a concentração populacional a qual estamos acostumados. 

Na página do Youtube do governo Canadense você também encontrará inúmeros vídeos que ensinam todos os passos do processo de imigração, bem como os cuidados necessários. Para quem pensa em vir estudar, converse com o pessoal da Loonie. Eles com certeza irão lhe direcionar para o melhor caminho sem gastar muito e perder tempo.

E o que são os dados biométricos que estão sendo solicitados para o visto ? Confira abaixo:

A estrada é longa e cheia de percalços. Muita documentação para juntar, traduzir e enviar. Esteja preparado para um grande investimento financeiro. Não veja isso como um gasto. Você está construindo um novo futuro, pelo menos é assim que eu penso. Economize as moedinhas que você precisará delas no futuro, pelo menos até se estabilizar.

A vida só muda quando a gente muda. Feliz 2019. 

Seguiremos juntos. Um beijo ! 🍁

2 thoughts on “Saindo da zona de conforto: Como colocar em prática o seu projeto Canadá ?

  1. Boa tarde,
    A ideia de mudar de país, sempre foi muito presente em minha vida, mas casei e o marido não partilhava dessa ideia, veio o filho, hoje está com 15 anos.
    Minhas dúvidas são várias, mas quanto a idade é a maior de todas, pessoas acima de 45 anos ainda têm alguma chance nesse processo? Qual sua opinião? Sou Assistente Social.
    Desde já obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »